Fretless


Técnica de Fretless



O que é?



O termo “fretless” significa “sem trastes” Sua ausência propicia uma sonoridade única, em virtude do contato da pele diretamente com a escala do instrumento, além de abrir possibilidades sonoras.

Origem



A primeira tentativa de retirar os trastes do instrumento elétrico foi feita por Bill Wyman (ex-Rolling Stones) no meio dos anos 60, mas com poucos resultados práticos. Jaco Pastorius foi o principal responsável pelo ressurgimento do fretless, quando retirou os trastes do seu lendário Fender Jazz Bass ‘62 no final dos anos 70. A partir daí, o instrumento finalmente se disseminou entre os baixistas do mundo.


Como Tocar?



Gary Willis acredita que a única maneira de tocar o estilo com afinação satisfatória é usando as linhas dos trastes, na qual podemos tocar exatamente em cima delas, à frente ou atrás, dependendo da regulagem do cavalete.
Feito isso, começa o trabalho de coordenação olhos/mãos. E preciso desenvolver o reflexo em identificar uma referência visual na hora de tocar uma nota, conseguidos com a técnica de rolagem das pontas dos dedos (trabalhar a subida e a descida da afinação de cada nota rolando as pontas dos dedos lentamente). A maioria dos baixistas não toca exatamente com as pontas dos dedos da mão esquerda (foto A). O posicionamento correto encontra-se representado na (foto B). Neste ponto, a referência deixa de ser visual e passa a ser auditiva. O exemplo 1 é importante para que nos acostumemos ao som da terça e suas variações de afinação. Toque cada corda solta, seguida da terça na 11ª casa. Deixe soar e trabalhe a rolagem dos dedos na afinação deste intervalo, descendo e subindo. Os exemplos 2 e 3 são exercícios simples para praticar a “rolagem” das pontas dos dedos da mão direita. Nas fermatas, toque uma corda solta e ouça se a afinação está aceitável - como dica, toque a corda Sol solta quando segurar a nota Sol da fermata do primeiro compasso do exemplo 2 para checar sua afinação. O exemplo 4 trabalha ainda mais a técnica de conferir a afinação utilizando cordas soltas. Cor de Rosa”, de autoria do saudoso baixista Nico Assumpção, foi o tema escolhido para ilustrar o uso da técnica.

Técnica de Fretless.jpg


Contrabaixo Fretless