Curso de Baixo Para Iniciante

Baixo Para Iniciante - Parte 3

Não perca também a parte 1  e 2 do curso de baixo nos seguintes links



Para o estudo do contrabaixo a postura correta para tocar e o abafamento das cordas são muito importantes, principalmente ao executar os exercícios da parte 1 e 2 dos cursos de baixo postados anteriormente



Curso de Baixo Para Iniciante - Postura para Tocar Contrabaixo



A posição do instrumento musical em relação ao corpo e a postura do corpo são muito importantes. Hábitos inadequados de postura podem prejudicar a coluna cervical, os tendões, os músculos etc, além de comprometerem o desempenho musical. O ideal é manter a coluna ereta o tempo todo e fazer uso de uma correia, de preferência larga, para melhor distribuir o peso do Instrumento nas costas. Além disso, é importante posicioná-lo na diagonal, com o corpo para baixo e o braço para cima. A tensão será menor pois o braço direito não estará tão dobrado. O braço do baixo para cima, mais próximo do rosto, facilita a visão do braço e a posição da mão esquerda (Principalmente no Pizzicato, nas outras técnicas a postura pode variar um pouco).

Enquanto estamos estudando, costumamos ficar sentados. Mas em shows ou ensaios permanecemos em pé, o que altera muito a posição do instrumento em relação ao corpo. Esta mudança causa problemas de execução, principalmente na parte “técnica”, para a maioria dos contrabaixistas. Por Isso, considero muito importante o uso da correia também quando estamos sentados, estudando.

Assim, procure manter a mesma posição do instrumento estando sentado ou em pé. “Coincidentemente’ esta postura, que considero ideal para se tocar o contrabaixo se aproxima multo da usada pelos violonistas clássicos. 

A posição do instrumento é algo muito pessoal. Cada pessoa deve procurar a mais adequada. Mas lembre-se: nem sempre a postura mais confortável é a melhor para seu corpo. Por isso, considere estas dicas. 

Obs.: É aconselhável alongar e aquecer as mãos e os braços (músculos, tendões, etc) por meio de alguns exercícios, seja antes de estudar, ensaiar, shows, enfim. O aquecimento pode ser feito com exercícios técnicos, sempre iniciados lentamente, procure preservar seus músculos, tendões, etc 


Aprenda 1 Ano de Aulas de Contrabaixo em 8 Semanas com o Treinamento Intensivo Clique Aqui para Saber e EMPURRE SEUS LIMITES


Posição Correta das Mãos

Mão Direita (Pizzicato)





Procure manter a mão direita curvada e o polegar apoiado no corpo do baixo, no captador, ou na corda mais grave ao se tocar as demais, o que já ajuda no abafamento. 
O local mais indicado para se tocar as cordas seria próximo à ponte, onde a definição do som é melhor. 
Evite apoiar o antebraço no corpo do baixo, o apoio fica mesmo no polegar. O pizzicato é, em geral, tocado com dois dedos (mão direita): dedo nº 1 = I = indicador e dedo nº 2= M = médio. Alguns baixistas o tocam com três dedos, acrescentando o anelar. 
O movimento para se tocar as cordas é pincelado(levemente com a ponta dos dedos), evitando puxá-las.




Mão Esquerda





O polegar fica apoiado na parte detrás do braço do baixo. Procure manter a mão curvada, para os dedos ficarem na mesma altura e na vertical. 

O local onde se coloca os dedos dentro das casas, para se prender as cordas, dando assim a nota desejada, deve ser bem próximo ao traste. Assim você fará menos pressão e evita trastejamentos. 

Não se deve colocar o dedo sobre o traste, pois abafará a nota. 

Abafamento das Cordas Para um Melhor Som

O abafamento é muito importante no contrabaixo elétrico, pois evita vários tipos de “ruídos”, Deve ser aplicado para todas as técnicas, usando as duas mãos.


Mão Direita (Pizzicato)



O abafamento pode ser obtido de várias formas. Uma delas é usar o polegar na vertical, encostando-o nas cordas. Entretanto, nesta técnica, o polegar deixa de ser o apoio da mão direita, Outra maneira de se obter o abafamento é apoiar o polegar na corda mais grave, o dedo mínimo na corda seguinte e o anelar na próxima corda, deixando os dedos médio e indicador livres. 


Mão Esquerda


A mão esquerda auxilia a mão direita no abafamento, principalmente das cordas agudas. O dedo indicador ajuda muito, usado na posição de pestana, tocando a nota desejada com a ponta do dedo apenas encostando-o nas demais. Quando não estiverem sendo usados para tocar, os outros dedos e o próprio indicador também auxiliam no abafamento, encostando-os nas cordas.