Hammer on e Pull off

Estudo do Hammer on e Pull Off no Baixo




Vamos iniciar uma série de novos estudos abrangendo diversas formas de execução para serem inseridas no tapping. Resolvi iniciar os trabalhos abrangendo uma das modalidades mais usuais usadas em nosso instrumento: o hammer-on e o pull-off. Assim como na execução convencional, podemos usar essas duas modalidades no sistema de two-hands, possibilitando assim a abertura de novas sonoridades e caminhos. Basicamente, a sonoridade resultante será a mesma. Só que ela será originada mediante a execução de apenas uma das mãos (direita ou esquerda). 
Vamos iniciar nossos trabalhos a partir da técnica de hammer-on que, em nossos estudos, será executada tocando primeiramente o dedo indicador da mão esquerda sobre a corda e, a seguir, tocando a próxima nota - localizada dois trastes acima - com a mesma mão, produzindo o efeito de “ligadura” no som resultante. 
Primeiramente, observe o exercício 1, repare que as notas estão localizadas entre o primeiro e terceiro trastes do braço do instrumento. No exercício 2 observe um correto posicionamento da mão direita que deverá ser utilizado para a execução da partitura. As notas estão localizadas a partir do 10° traste do braço, A letra escrita sobre a ligadura (H) significa que este grupo de exercícios deverá ser executado com a técnica de hammer-on, o exercício 2 abrange os mesmos conceitos, mas utilizando o pull-off (P.O). Nesta modalidade, usamos o dedo anelar (ou mínimo, no caso da digitação alemã) da mão esquerda. A seguir, “puxe” a corda para que a nota localizada no dedo indicador possa ser executada. Na mão direita, use o sistema convenciona!, ou seja, a partir do dedo anelar. Da mesma forma que o exercício 1, veja na partitura as indicações correspondentes às mãos esquerda e direita. 
O exercício 3 compreende um estudo abrangendo as duas modalidades técnicas. Procurei elaborar algo mais complexo, que envolva o uso da independência de ambos as mãos. Procure estudar cada linha separadamente, de forma lenta, para obter uma boa sonoridade de cada noto articulada. O andamento está mais lento, para que você possa estudar com mais facilidade. 
Em todos os exercícios propostos, tente aumentar gradativamente a velocidade do metronômo (sugestão: 40-60-80-100-120- 140-160).


Exercício Hammer On e Pull Off.jpg